O Lugar Mais Bonito do Mundo

M’Boi era um deus em forma de serpente que vivia no rio Iguaçu e aterrorizava os povos da região. Um desses povos, os kaygang, a cada primavera oferecia uma bela jovem para se casar com o deus e aplacar sua fúria.

Certa vez, um cacique ofereceu sua filha Naipi e ela se casaria com M’Boi durante uma grande festa para a qual muitos outros povos, tribos e nações foram convidados. Entre esses, estava um jovem guerreiro, chamado Tarobá, que chegara a Iguaçu apenas alguns dias antes do casamento e não pode controlar a paixão que tomou seu coração quando conheceu a prometida Naipi. A bela menina também se apaixonou e, após encontrar-se algumas vezes com Tarobá às margens do rio, decidiu com ele fugir justo na noite do casamento, aproveitando a distração dos festejos.

Tarobá preparou uma canoa e, enquanto muitos dormiam depois de dançar e beber, os jovens amantes fugiram rio abaixo, felizes e livres, sem saber que M’Boi os observava, furioso com a traição que assistia.

Com a música já distante, M’Boi preparou seu ataque e, rugindo e retorcendo seu corpo de serpente-monstro, lançou-se nas entranhas da terra e abriu enorme fenda no leito do rio. Por elas, escoaram então as impiedosas cataratas que engoliram a singela embarcação.

Mesmo com tanta revolta, os fugitivos não morreram, apenas se transformaram. Naipi virou rocha sempre banhada pela correnteza, lá embaixo porém, onde as águas já se acalmaram. Tarobá na margem virou palmeira, mas lá no alto, bem no topo, sempre debruçada sobre a maior cachoeira, aquela que esconde a gruta onde repousa o mostro vingativo, sempre a vigiar suas vítimas apaixonadas, a quem só resta esperar que todo dia venha o arco-íris e lhes una novamente, ainda que por breve instante.

Comments
  1. 1695 dias ago
  2. 1502 dias ago
  3. 725 dias ago
  4. 508 dias ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>