Que bom que conheci outras partes da Europa antes de ir para a Itália pela primeira vez, no verão europeu de 2011. Pude chegar lá em outro estágio daquilo que chamo de “desenvolvimento turístico”. Depois de comer,