Itália, quem diria?

Que bom que conheci outras partes da Europa antes de ir para a Itália pela primeira vez, no verão europeu de 2011. Pude chegar lá em outro estágio daquilo que chamo de “desenvolvimento turístico”.

Depois de comer, beber e sorrir em Milão, Bellagio e Veneza e prender a respiração de emoção em cidades da Umbria e Toscana, não deu tempo de ir até Roma. Assim, a próxima viagem estava decidida antes mesmo de pousar de volta em Guarulhos (aquele aeroporto deprimente com o qual temos que conviver).

Quem leu meu livro sabe que sofri um acidente no táxi voltando justamente do aeroporto prá casa e então a viagem a Roma teve que esperar um pouco, até meu pé se recuperar e aguentar de novo as caminhadas que eu gosto.

Pois bem, virada de 2012-2013 foi no Coliseu. E foi ótimo! Dessa vez fui com amigos, nem sozinha nem com minha filha e companheira, a Laura. Fui com amigos queridos, que andaram, reclamaram, riram e viveram comigo esses dias de pasta i vino.

Quam ainda não foi, vá. Vá para Roma e veja o Papa, junto com outras milhares de pessoas, já que o mundo é grande e lotado.

Desfrutem, auguri!

 

Comments
  1. 1753 dias ago
  2. 1743 dias ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>