Desde o episódio canadense, onde eu não usei nada do que eu levei na mala-container e, na volta, ela extraviou e nada me fez falta, eu viajo sem mala. Melhor explicando, eu não despacho mala, nunca, estou sempre