A lógica é simples: se alguém me convida pro casamento de um filho, eu vou. Já fui em vários. Quando Paulo (meu chefe), com aquela tristeza com ares de alegria, de quem está vendo o tempo passar