Tem sempre um motivo para eu ir a qualquer lugar e não raro basta uma música. Ir a Dublin tinha tudo a ver com U2. Eu perseguiria Scorpions pelo mundo se pudesse, mas por que não ir