Meus relatos Archive

13 jul 2017

Em Portugal, de novo.

Este post, diferente dos demais, foi escrito durante a viagem e, portanto, sofre a mistura dos tempos verbais. Volto a Portugal para uma viagem a mim mesma, usando o caminho dos castelos, alcovas, conventos e tabernas. Aflições,
29 jan 2017

Na terra do sol nascente

Sempre resisti à ideia de ir ao Japão. Seja por medo, preguiça, ignorância ou dinheiro, resisti. Talvez tenha sido somente o devido tempo da vida, mas agora fui. Criei coragem e fui. Muito planejamento,  pesquisa, li guias
21 dez 2016

Aventura de Natal

De repente tem-se a ideia de sair pra almoçar com alguns amigos, não só pra aproveitar o tempo e a vida, mas, também pra comemorar o fim do ano, o dificil 2016. Espírito natalino, amor no coração,
7 set 2016

A Viagem e o Tempo

Muito tempo se passou desde a última vez que vi Patrice.  Idem Gisela,  que me ensinou as palavras de sobrevivência em alemão. Outros rostos conhecidos me esperavam na Suíça e, então, foi por ali que começamos. Simples
1 mai 2016

Casamento… na Bahia!

A lógica é simples: se alguém me convida pro casamento de um filho, eu vou. Já fui em vários. Quando Paulo (meu chefe), com aquela tristeza com ares de alegria, de quem está vendo o tempo passar
14 fev 2016

Verdadeiro Norte

Emocionante CANADÁ De volta para o True North, para visitar minha Canamom. Fazia cinco anos que não nos víamos. Às 6 da manhã no aeroporto de Toronto, no mesmo lugar em que, também, há mais de dez
20 dez 2015

Trilhando

Eu andava de moto, até sofrer acidente de táxi e perceber que quebrar osso dói pra caramba. Fiquei com medo, achei que era bobagem, voltei a pilotar, mas o medo não foi embora. Como eu já sou
8 nov 2015

Dia de Trilha!

Eu já andava meio frustrada porque, depois que comprei meu primeiro 4×4, os maiores obstáculos que enfrentei foram chuva e buraco na Marginal Pinheiros… Meu branquelo FDP (não me entendam mal, essa é a placa) cada vez
13 set 2015

A história por trás da foto

Essa minha foto com a faca na mão deu o que falar. Uns acharam engraçado, outros ficaram na dúvida se era sério, outro ainda quiseram saber que diabos eu estaria aprontando, porque, claro, eu vivo de faca
7 set 2015

Peter

Um dia, durante minha aula na FISK (que saudade daqueles professores de inglês e espanhol que me prepararam para conversar pelo mundo), estávamos falando dos nossos sonhos. O meu era conhecer a União Soviética, naquele período da